Barbearia Canto da Arte: dois irmãos que apostaram no conceito retrô

Há 15 anos, sob nova direção, foi inaugurado o salão unissex Danilo’s Cabeleireiros. Diferente de hoje, o estabelecimento atendia em maior quantidade e faturava pouco. Com o nome, os clientes só queriam cortar o cabelo com o Danilo, afinal, era ele quem levava a fama do local, mas essa preferência acabava causando agenda cheia e muito transtorno para os irmãos.

 

Passados 10 anos, com o aumento da procura e da clientela, os irmãos Pereira resolveram procurar o Sebrae para entender todas as deficiências do salão e buscar soluções para elas. Com as dicas, conseguiram aumentar a qualidade do serviço e mudar toda a estrutura do estabelecimento.

A ideia foi resgatar o estilo das barbearias dos anos 50, então depois que trocaram toda a decoração, os irmãos Pereira fizeram outras especializações para atender o novo público. De salão unissex, o estabelecimento passou a ser uma barbearia retrô no Grajaú.

 

As pessoas que entram na Barbearia Canto da Arte são recebidas ao som de rockabilly, rock dos anos 50. O estabelecimento inovou tanto que hoje é referência no bairro. Seu nome foi inventado por um cliente que participou do Concurso Cultural realizado pela própria barbearia. Dos cinco melhores nomes, Barbearia Canto da Arte foi para votação e ganhou. Hoje, o nome ajuda a compor a nova identidade do local.

"A gente acabou mudando realmente o bairro, o modo de pensar”.

- Danilo Pereira, Barbearia Canto da Arte

Fique por dentro

© 2018 por O Giro da Periferia

  • youtube
  • insta
  • facebook